Frente em Defesa do Voto Aberto será relançada na Câmara

Clipping

Por Raphael Di Cunto 

SÃO PAULO – O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) relança na terça-feira, em evento no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto, com apoio de 191 deputados de diferentes partidos.

O grupo pretende pressionar o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RJ), para votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 349/2001, que acaba com o voto secreto no Congresso.

O tema ganhou força com a derrota do pedido de cassação da deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF), filmada recebendo dinheiro do mensalão do DEM no Distrito Federal. O parecer da Corregedoria da Câmara, que pedia a extinção do mandato da parlamentar, foi rejeitado por 265 votos a 166, com 20 abstenções, em votação secreta.

Em nota, o deputado Ivan Valente defendeu mais transparência na votação. “Em nome do interesse público, da democracia e do respeito à cidadania brasileira não dá mais para prorrogar essa votação”.

A Frente em Defesa do Voto Aberto já existia na legislatura anterior, quando conseguiu aprovar a PEC em primeira votação com 393 votos a favor e nenhum contra. Ainda falta votar em segunda discussão, quando é necessário o apoio de 3/5 dos deputados (308), e no Senado.

A mudança de mandato, porém, encerrou as atividades de todas as frentes instituídas no Congresso, que precisam de novo requerimento, com apoio de pelo menos 178 deputados, para serem criadas.

Fonte: Valor Econômico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s